domingo, 18 de outubro de 2009

Só pulsa...




O meu coração não tem ouvidos, só pulsa.
As vezes acho que é um animal ignorante, um bruto, um órgão tosco.
Ele dispara quando eu não permito, sorri quando eu tento disfarçar e pior, ele chora quando eu tento calar.
Possivelmente ele seja infantil e queira correr como criança. Correr riscos...
Nem sei se ele é vermelho, talvez acredite que seja verde como o da “minha história encantada”.
Eu nunca vi um coração que cheira, que chora, que chama...
Os corações devem ter formatos diferentes, o meu deve ser como uma pétala.
E eu lembro sempre das margaridas...
Ah se ele falasse, ele já iria querer cantar. Ele recitaria os poemas de Neruda ou os de Florbela.
Ele voaria se tivesse asas e eu correria o risco dele pousar lá e me deixar tão vazia.
De quem cuida o meu coração? Depois do oceano, onde estará tudo o que vibra...
Se ele deixar de ser uma criança talvez eu não corra mais risco, mas se ele passar a ouvir eu não o sentirei mais pulsar.
 (Rebeca ou Cris*)
Essa foi pra ele...
E eu amo...correndo risco!

3 comentários:

Drika disse...

Muito lindo! Mas me faz pensar: "Que bom que Deus não nos fez só de coração, se não para onde iríamos??..." "Deve ser por isso que existe a cabeça(a parte que deveria ser adulta)..." Bjs! Bom domingo!

Leo disse...

Correr o risco é o que faz da vida interessante e que valha a pena, coisas que não apresentam riscos também não apresentam muita satisfação ao se alcalçar.

Tem corações que depois de se machucar, ao contrário de se curarem eles endurecem, isso é triste, mas eu conheço o teu Cris e sei que independente do que acontecer o teu será sempre doce e meigo como sempre foi.^^

E coração não tem ouvidos nem olhos, e nem deveria ter, se tivesse o coração não teria mais sentido, aquela frase "o que os olhos não vêem o coração não sente" é pra mim desculpa pra errar com alguém ou desculpa pra fingir não saber e/ou sofrer por algo, com o coração agente sente, e se prestar atenção, é muito mais do que olhos podem ver e ouvidos ouvir.
(^_^)

ps:mal me empolguei e escrevi muito xD

;*

Taynná =) disse...

Ai Cri... O seu coração é tão doce, se corações tivessem cheiro, seu cheiraria a baunilha, ou a biscoito quente. Se eu pudesse, eu mandava o meu aí, tomar conta dele sabe, não que o meu seja lá um bom tomador de conta, mas é que às vezes ele tem tanta necessidade de ficar próximo de ti...
Ah, o seu coração Cris... Ele sabe. A gente acha que não, mas ele sabe sim, ele sabe de todas as respostas...

Beijo!