sábado, 6 de novembro de 2010

Aquiete-se


"É impossível ver o próprio reflexo em águas movimentadas..."
Liz Gilbert
Sem questionar apertou qualquer número no elevador, não sabia qual andar escolher, retirou aquele casaco escuro de lã, perfumado com o absinto da sua pele clara, deixou-o cair no chão e sem saber seguiu a esmo, a noite já não pedia moldes e nem companhia.
Do seu jeito, sem atribuir um ritmo certo, ela foi, pausou, olhou o céu anil e as poucas estrelas presentes. Sentiu que o frio lhe arrepiava mas nada lhe encobriria naquela noite além das buzinas que desconcentravam o silêncio.
Ela parou de desenhar corações e de espalhar pétalas pelo chão, ouviu uma canção francesa e  sem nenhuma armadilha sorriu timidamente, pensou que aquietar-se era bom, buscar o reflexo de um rosto todo seu, sem blush rosado, sem modelos artificiais. Gostou de se ver limpa, nua sem qualquer culpa. Desejou eternizar aquela paz que a transparência lhe deu, tocou o peito e sentiu o ritmo do seu pulso vivo e o eco do seu riso calmo.


Faz assim, não falemos nada hoje me deixe te abraçar, me doe um sorriso calmo e deixa eu chorar baixinho, se eu quiser.


7 comentários:

strIgOi sAn disse...

Torço pela chegada do grande dia em que te sentiras a vontade para dispir-se de toda a culpa e poderas viver sem medo ou receio... Adorei o post! Principalmente o final rsrs...

João Átila disse...

Um abraço calmo e um sorriso sincero
Momentos em que podemos demonstrar a paz e o amor...

"Alguma coisa nos seus olhos,faz com que eu queira me perder
Faz com que eu queira me perder em seus braços
Tem alguma coisa na sua voz
que faz meu coração disparar"

(parte da musica Feels Like Home)

Chore o quanto precisar e lembre-se que farei seu lindo sorriso aparecer
Amo você

Đ μ disse...

Lá está vc filosofando de novo... otimo texto esse que colocou Cris, muito bom mesmo, beijos

George disse...

Um retrato auto filosifo de si mesma... cada post seu retrata um fragmento multiplexual de voce mesma!

Entender todas as suas mutifacetas é um fascinante e delicioso desafio que nos cerca e nos impulsiona a sermos o que indubitavelmente somos... expectadores e admiradores desta singela, única, singular mulher.. tudo redundantemente falando...rs...

Inez disse...

Obrigada pela sua visita.
Não sei se quem perdeu a prova, caso seja anulada, poderá fazer na nov aplicação, para saber precisamos aguardar a resolução do problema.

Alexandre Terra disse...

mt bom seu texto, curti mt seu blog....geralmente nao gosto de players automaticos em blogs, mas o seu tava tocando neil young entao eu gostei xD

Kivia Nascentes disse...

Tem fórmula para isso? Para aquietar-se? Eu preciso urgente, e posso até pagaria caso fosse possível. Essa agitação involuntária cansa.

beijos.