sábado, 6 de abril de 2013

Ela.


"Ás vezes é difícil esquecer.
'Sinto muito ela não mora mais aqui'
...
E é só você que me provoca essa saudade vazia"


Não se abasteça apenas com os beijos ou com as gentilezas em um relacionamento. Isso tudo é muito fugaz, ninguém é tão perfeito que não machuque o outro. Você com suas próprias razões de entender e explicar o mundo, o outro, as vezes, com nenhum interesse nelas.
Relacionar requer mediação diluída e ingerida diariamente, a "contra gotas" ou em jarras de suco, talvez. 
Sempre existirão os dias em que as margaridas simplesmente não florescerão, dias em que o mar estará salgado demais pra você...
Nunca será bom para a saúde fechar os olhos quando tudo parecer tão selvagem. Há uma guerra no caminho, há "temperos" diversos, principalmente os amargos, que sempre saltitarão na sua frente quando  não houver passos em par, e (para a sua sorte) a escolha é toda sua.
Hoje eu apenas queria estar na varanda da minha casa, aliás, da casa de mainha. Queria conversar enquanto víamos a lua e ela me pedia um pouco mais de massagem nos pés... Mas a vida deu uma guinada, escolhi virar do avesso, sentir um pouco do "sal" da saudade. E hoje...nem a água tem conseguido me acalmar.


Ao som de Acrilic on canvas - Legião.
URBANA LEGIO OMNIA VINCIT.


3 comentários:

Anônimo disse...

Oh amiga, em breve tb passarei por essa "guinada". Só de pensar, meu coração pula de alegria e ao mesmo tempo dói de saudades... É um sentimento confuso, mas que com o tempo aprenderemos a nos adaptar. Bjus, aline

Kim Aniston disse...

...SUSPIRO...!
Estou encantad com o seu blog...simplemente ele me deixou anestesiada de amor...
parabéns!
Belo, fds!
Beijos!

Cristiny* disse...

Obrigada pelo carinho meninas :)
Bjs!!!