segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Uma história assim...


Na cidade dos canelas verde vive uma família pacata e gentil, há uns anos quando nos conhecemos foi amor a primeira vista, tudo fazia sentido até o piano na sala, o terraço em L, o pé de jabuticaba no quintal...rs Ô delícia! 
Neste sábado eu observava a tranquilidade que o líder dessa família varria as folhas caídas das inúmeras árvores frutíferas dali. Um jovem senhor de cabelos grisalhos de um sorriso amoroso. Me senti tão bem, ofereci ajuda e com uma certa insistência consegui ajudá-lo a remover do chão as folhas amontoadas em um canto da rua. O melhor de tudo foi o que ele me falou: "Esse é o preço por morar onde o vento faz a curva" e me explicando melhor disse: "Normalmente pagamos o preço pelas coisas boas, hoje apanhei até folhas de uma jaqueira" rsrs, a rua tem um formato incomum ela termina como um círculo e as duas casas que cercam a rua são as mais ventiladas, também têm o maior terreno... O vento por si arrasta todas as folhas caídas do início até o final da rua. O que custa apanhá-las se todas são empurradas naturalmente para a frente de sua casa?
Com sua personalidade tranquila ele simplesmente as varre para um canto e as apanha, e o melhor? Consegue fazê-lo com muita boa vontade, porque esse é o preço por morar "onde o vento faz a curva"...rs
Que possamos seguir firmes sem questionamentos bobos sobre o preço que pagamos, ou qual seja a denominação por nós escolhidas. E sabe, adorei aquele sábado a tarde e os dias que completaram o meu encontro com aquela família outra vez.

Vale Jack Johnson (Upside Down)...rs
Um xeiro e a Deus obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! =)


3 comentários:

carlos disse...

Linda.

carlos disse...

Vai passar pequena, vai passar...

Leo disse...

Agora que descobri como posso postar finalmente vou comentar esse aki ;p

Esse ficou d+, adorei ler, e gosto muito dessa música do jack *.*


bjinhos cris o/