segunda-feira, 30 de maio de 2011

Com a alegria do amor!


Quase morta de frio, mas feliz da vida! aheuiahaueaeuh - Washington - EUA 28/05/2011


Aprendi que quando a gente se isola demais a gente se perde,
Alias, quando a gente se limita a gente se perde.
A gente perde a leveza das coisas livres.
O gosto de nao prender o amor a alguem ou a alguma coisa, 
Simplesmente aprender a nao perde-lo mais de vista, o que seria bem pior...
Tenho aprendido somar o amor e todas as cores que ele tem.
Esses dias desejei atravessar, aventurar, chegar e conhecer mais. Nao foi apenas sonho.
Lembrei das minhas viagens sozinha, das minhas aventuras, das minhas oportunidades.
Atravessar tornou-se muito mais que ir alem, trouxe o desejo de realizar.
Aprendi que o meu sorriso eh largo, lindo e engracado. Nele cabe mais do que a cor verde.
Vi dias vermelho, pink, amarelo...Vi meu sorriso violeta, assim como a orquidea la de casa
Eu me vejo sorrindo como antes e eu entendi mais sobre o amor.
Hoje ele anda lado a lado com a minha felicidade
E como eh bom me ter de volta outra vez.


Um beijo em todos que acompanham o blog e o post vai em especial pra meu amigo Alan, que pelos meus calculos deve ta completando aniver hoje no Brasil =)
Feliz aniver meu anjo! Obrigada Senhor por todas as oportunidades!
Mainhaaaaa to com Saudadeeeeee...rs



2 comentários:

Leo disse...

Que post mais feliz, amei a forma como descreveu tua felicidade, com as cores que vê. agora basta sair pintando tudo em volta, com um sorriso.

Deus te abençoe sempre.
Um beijo!!

João Átila disse...

Que bom linda, ver-te sorrir com o figado. rsrs
Que Deus continue te iluminando e te abençoado.
Sempre
Bjs