segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Hoje...



Hoje eu ouvi Janis Joplin e aquele som me fez lembrar que ela só tinha 27 anos, foi tão cedo!
E a gente passa pelos anos e nem se dá conta que os vinte e sete já estão indo, já se foram...
Ficou a voz rouca, linda e o que mais ficou? O que de fato fica quando vamos...
Não foi "Maybe" que tocou mas ironicamente me lembrei dela, talvez por ser a minha preferida entre suas canções. "Oh se eu pudesse orar e tentar, meu bem. Talvez..."
Engraçado porque eu nem vivi aquela "época" mas e daí? Axo que tenho uma alma sessentona...rsr uma alma hippie, apaixonada pelo filme Hair, pelas flores nos cabelos compridos, pelas saias coloridas...ah pelas flores nos jardins! Os anos passam, mas eles também nos vem!
Ouvi do Pastor que as vezes ficamos muito presos ao ontem e não percebemos que o erro é quando deixamos de viver o hoje. É verdade! Escuto Janis lembro dos seus 27, lembro dos meus mas continuo andando e cantando, Maybe e tantas outras...
E como reflexão pra nós!

"A vida é curta, quebre as regras (nem todas...rs), perdoe rapidamente, beije demoradamente, ame verdadeiramente, ria incontrolavelmente e nunca deixe de sorrir, por mais estranho que seja o motivo. A vida pode não ser a festa que esperávamos, mas enquanto estamos aqui devemos dançar"

Sempre que leio sobre a vida eu sigo e não me envergonho do que passei, do que passou. Não me envergonho de amar verdadeiramente, de pular de alegria, não me envergonho de ser tola muitas vezes. Entreguei nas mãos do Senhor a minha vida e Ele está no comando. Sigo e agradeço pelos vinte e poucos que Ele me concedeu...que venham mais!

PS: Tay e Thamy a saudade aperta muito aqui deste lado, mais forte que o calor desses dias!!!
Amo vocês!
Cris =************

Um comentário:

Tay disse...

E como a gente faz quando o Brasil for maior do que um Oceano? Quando Pernambuco for mais longe que Portugal??
A gente chora de saudade, vê uma margaria e abre o sorriso mais lindo que for possível, aperta o vento e sopra humor em tudo, na esperança de que lá naquele Paraíso ela sinta ao menos o cheiro da amizade.
Ah Cris, eu tb tenho uma alma sessentona, todos aqui dizem que sofro de envelhecimento precoce, acho que já nasci velha, algo como Benjamim Button...
Te amo floor!
Te amo tanto!
Sinto muitas saudades...