segunda-feira, 11 de julho de 2011

Permanecem...


 


Você me deu todas as tuas forças, o teu cheiro, o teu abstrato poente.
Vi tuas chamas,  o teu grito,  o teu ópio e a tua solidão...
Você me adoeceu de amor, se fez parte, presente, ente
Transbordou flores em mim, tocou minha alma, sorriso, combustão.
Quem te teve assim tão presente e não viu?
Te bebi como um vinho guardado, suave e tinto.
Deixei minha leviandade solta, me molhei em teu vermelho tom
E confesso lambuzei a alma.


As coisas não passam simplismente! Sutilmente permanecem no coração.
De uma pessoa arengueira!
;)

7 comentários:

AlÂn sAymOn disse...

Lindo e verdadeiro, pois o que é vivido intensamente sem duvidas... PERMANECE (Nem que seja nas lembranças e no reflexo do que nos tornamos depois de vivê-lo...)

Cristiny* disse...

;) Obrigada menino bonito!

Taynná disse...

Nos corações normais já não passam, ainda mais nos arengueiros né...
E pra você ver, eu estou aqui, li e reli novamente o texto, e você nem precisou me pentelhar pra visitar seu espaço e deixar um comentário. A vida traz as coisas, a gente precisa acreditar nessa verdade. Eu estou sempre aqui, não marco porque às vezes é tão delicado o que leio que não me cabe dizer nada. Mas estou.
Você precisa acreditar no que é seu, nas coisas que marcou, nas pessoas que marcou.

Beijo!!
Amo você minha nordestina que adorava pão de queijo e agora já não gosta mais!

Cristiny* disse...

Eu contunuo adorando pão de queijo feito com queijo...nada de polvilho no meio kkkkk.
Te amo, mais!
;)
Ah e obrigada por ter "aparecido" rs

João Átila disse...

Que o doce te toque, que o cerne te possua...
Que seja feita a sua vontade, com a permissão claro, d´Ele.
Que seja belo e duradouro, tudo aquilo que cultivas, e que seja aquilo que desejamos e podemos tornar real, pois temos escolhas, quando fazemos uma, deixamos de fazer outra.
Te desejo, sorrisos e alegria. Mesmo que seja cadente, ainda é estrela.
Amo-te!

Igor disse...

Nada mais perfeito pra regar umas sementes de motivação que tenho guardadas lá no cantinho da gaveta. Eu sabia que um dia iria querer plantá-las! Nada mais perfeito pra ler e querer ler mais...

Abraços!!

Cristiny* disse...

Faz muito mais sentido, quando compartilho...quando vocês compartilham comigo.
Beijao e obrigada ;D