terça-feira, 10 de agosto de 2010

Fragilidade...

"Eu não estou interessado em nenhuma teoria,
Nem nessas coisas do oriente, romances astrais
A minha alucinação é suportar o dia-a-dia,
E meu delírio é a experiência com coisas reais."  (Belchior)

É até engraçado, irônico talvez pensar que por vezes podemos nos surprender com a futilidade nossa de cada dia (peço permissão para usar plural aqui), aqueles pensamentos supérfulos e mesquinhos que normalmente percebemos quando nos deparamos com a vida e sua imensidão de 'acontecimentos'. A vergonha que bate quando se pensa que realmente complicamos tudo. Não existe isso de mais ou menos, não quando a vida nos rebate suas dores, seus reencontros, nossos dias.
Por uns instantes caio nessa realidade (que hoje é a minha) tento me afastar da cortina esfumaçante  que por tempos me traga. E como alguém que reconhece sua pequinês eu só agradeço, porque tudo já está feito, uma hora ou outra as coisas vão se ajustando, vai ficando limpo e logo ali na frente talvez eu consiga sorrir mais.
Agradeço a Deus pela oportunidade de refletir, de amadurecer, obrigada a todos pela compreensão, obrigada pela presença. A vida tem muito mais sentido quando fazemos parte de pessoas incríveis.
A frase de hoje, bem cedinho foi: "Se você passar por uma pessoa e quiser olhar nos olhos dela trate-a bem". Obrigada! D

7 comentários:

João Átila disse...

E Deus com sua infinita bondade nos mostra que somos o grão do Seu deserto...
Somo apenas parte de um Todo poderoso, estamos aqui não para nos apegar, afinal nada aqui é nosso, e sim para servir ao próximo, ao nosso Deus coforme seus ensinamentos

Drika disse...

Pois então, quem será capaz de olhar no fundo dos seus olhos? Você sim pode olhar bem lá no fundo, sem medo, pois você sempre só faz o bem. :)

ronaldo disse...

termo muito forte !!! "fragilidade"
como vivemos num mundo onde o homem encara os obstaculos apenas como algo que tem de passar e simplismente passar sem mais , e as vezes abusam ate da sua baixa soberania , nao se limitam e se insutam a ser o maior entre todos , não devemos nos generalizar somos o que somos , amamos , choramos e muitas veses imploramos e outras coisas mais , somos simples matéria sujeita a qualquer tipo de ação e uma das pra mim é a fragilidade de sermos o que somos !!

Kivia Nascentes disse...

Constante evolução, nem um dia é igual ao outro, nem mesmo os que julgamos iguais pelo tédio ou pela tristeza. Mudamos a cada minuto, mesmo que a mudança seja minúscula.

Júlia disse...

Mudanças são difíceis, mas, com tempo, elas tornam-se boas.
Obrigada pela visitinha,
beijos.

Tay disse...

Ah essa vida que nos esbarrou em um agosto desses, lembra?
Parece que faz tanto tempo, anos, não faz? Desde quando te amo, sempre pensei que esse amor já tinha nascido comigo, veio de sangue de irmã, eu penso.
Mudar nunca é fácil, mas quase sempre é necessário. Tanto que o primeiro milagre de Jesus foi transformar água em vinho, operar mudança.
Eu espero que venham sempre mudanças e que elas sempre nos façam melhores aos olhos dEle. Sempre.
Amo sua vida, sua amizade, amo saber que existe alguém do outro lado desse planeta Brasil que pensa em mim, ora por mim, me ama.
Irmã margarida, linda.

Kivia Nascentes disse...

Mais um detalhe,
o começo do texto com as aspas de Belchior é incrivel!!!