sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Planando...

Hoje tenho percebido que o meu riso tá mais solto, me pego sorrindo e sinto saudades! Me assusto as vezes...
Estranha sensação de Bem estar e Mal estar...aquilo de cores e cinza ao mesmo tempo...
Na ida desse dia ouvia um cd ganhado há uns anos, um presente proposital. Todas as músicas tratavam do amor...e nele cabiam muitos cantores, poetas, cabia sempre mais (cabia Renato). Mas tocou Lulu (santos), Skank e Capital Inicial...
Nossa...eu só entendi hoje!
Entendi que "Surpresa certa te encontrar...nós somos feitos um pro outro", que "O nosso amor é novo, é o velho amor ainda e sempre" e que" É tão certo quanto o calor do fogo"...puts! Incrível como eu compreendi cada letra, cada som...Foi pra mim...rs
Eu entendi porque ganhei o cd, entendi como é difícil "onde quer que eu vá o quer que eu faça sem você não tem graça."
Mas eu cheguei ao meu destino, as músicas terminaram e andei pelas ruas do Recife...fez sol e fez chuva, juntos.
Vi cores em minha volta, tinha o artesanato de fitas alegres, os de renda branca, tinha os de corda crua...
E o dia esteve assim...mas eu não chorei.

Sabe...eu li no blog de pao de queijo algo tão lindo...
Pedi a ela pra mais uma vez deixar aqui no meu...rs
Cabe perfeitamente aqui...cabe comigo e se vocês quiserem...cabe também!

"O que me sobra é vontade de ser feliz, essa coragem do 'tudo ou nada'.
Eu ainda vou voar, vou planar.
Porque plano, nada mais é do que algo que está ali, voando...
Os meus planos têm companhia. A minha, eu vivo planando por aí.
Se um dia eu cair e você achar graça, não faz mal, ao menos eu senti o vento, eu vi as estrelas mais de perto e eu sei de algo que você nunca saberá.
A graça de estar planando sem medo de cair"
Taynná Gripp





Vale tentar, sempre! Desde que o objetivo não atropele o outro.
Felicidade é isso...sorrir colorido, sem malícia!


E eu amo...por isso tento e o "tempo" é uma palavra que rima...rs
Um xeiro...
PS: Te amo...rs

2 comentários:

Taynná =) disse...

Ah Flor. Sinto tanta ternura em cada sílaba sua, eu sinto tanta paz vendo teu sorriso, lendo tuas palavras. 'E eu vejo cores em você'. Eu queria saber voar, ou simplesmente ir planando mesmo, de balão ou de avião, pra Pernambuco, conhecer esse sorriso tão lindo e que me faz 'tanto' bem.
Obrigada por fazer minhas palavras terem tanto sentido, por usá-las como suas. Fico orgulhosa!
Beijoo

Leo disse...

Eu estou descobrindo que tens talento para ser escritora talvez, ou algo do gênero Cris xD

Gostei deste trecho, eu admiro teu jeito de pensar, tu pensas como uma pessoa feliz que passa um momento um pouco difícil mas não deixa isso tirar tua alegria de viver, tudo está bem quando acaba bem, e o fim ainda não está tão próximo, então coisas boas ainda hão de vir, viver o presente com alegria é o que importa, o futuro a Deus pertence.^^

Bjo cris te adoro o/